Conversas Cartomânticas: Um Lenormand para Noites Sem Fim.

Conversas Cartomânticas: Um Lenormand para Noites Sem Fim.: MEA CULPA : eu não sou adepto dos baralhos transculturais em geral. Por mais que isso possa soar conservador (e, de certa forma, é), ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por sua participação!